Publicado por: Mauricio | 27/12/2015

Atemporal

Veja bem:

A vida não está no tempo.
Mas nas coisas da vida.
E quando você as olha de perto.
Percebe o que não era vazio.

Mais perto:

Tudo que era pedra, parece poesia
Aquele amor inteiro, era fragmento.
Prefiro então não te ver pelo nome.
Nem te carregar como o peso numa tristeza.
Ou flututar na incrível leveza daquela felicidade.
Seria insano de minha parte.

Mais perto:

Pois em mim existe um mar.
E se te julgasse apenas por uma tarde.
Enquanto o mundo girava velozmente.
Seria o mesmo que ignorar as ondas.
Por onde a vida amálgama sem tempo.
Um pouco de cada fragmento.
E em sua própria inquietude.
Acalma.

Veja bem.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: