Publicado por: Mauricio | 23/05/2009

O Caso

Foi assassinato.
Dois corpos estendidos.
Deixados ao abandono.
E eram os nossos.

Foi suicídio sim.
Mesmo que sem querer.
Destravamos o cão.
Apertamos o gatilho.

E sem sentir, a queima roupa.
No meio do meu coração.
Nos acertou em cheio.
Abraçados e cúmplices.

Ali mesmo, na Sala de Estar.
Estivemos pela última vez.
Sem trocar olhares.
Apenas silêncio.

E na cena do crime, ficou o giz.
Da nossa silueta esparramada.
Que se apagou para sempre.
Como nuvem no vento.

Caso resolvido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: