Publicado por: Mauricio | 23/05/2009

O Caso

Foi assassinato.
Dois corpos estendidos.
Deixados ao abandono.
E eram os nossos.

Foi suicídio sim.
Mesmo que sem querer.
Destravamos o cão.
Apertamos o gatilho.

E sem sentir, a queima roupa.
No meio do meu coração.
Nos acertou em cheio.
Abraçados e cúmplices.

Ali mesmo, na Sala de Estar.
Estivemos pela última vez.
Sem trocar olhares.
Apenas silêncio.

E na cena do crime, ficou o giz.
Da nossa silueta esparramada.
Que se apagou para sempre.
Como nuvem no vento.

Caso resolvido.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: