Publicado por: Mauricio | 18/05/2009

A cegueira

Você fez tudo pra mim e não vi.
Disse o necessário e eu menti.
Abraçou meus sonhos como verdade.
Beijou meu rosto só pra me acalmar.

Você me disse pra voar e fui.
E eu, nunca te pedi pra ficar.
Me disse o que fazer para fugir.
Mas eu nunca soube sair do lugar.

Não tracei meu caminho.
Parece longa essa caminhada.
E perdi o rumo de mãos dadas.
Contigo.

Mas você voltou mais forte.
E alimentou meu ser.
Disse tudo aquilo novamente.
E me perdoou.

Por isso tudo e por tudo que não via.
Só agora, e tarde, te agradeço.
E juro, nem sei se mereço.
A cura pra minha cegueira.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: