Publicado por: Mauricio | 03/01/2009

A Vida

Por vezes penso que a vida é um suspiro.
Uma mensagem ou apenas uma citação.
Separada por vírgulas e pontos finais.
Uma cena de romance ou documentário.
Um festa de louvores em um mar de rosas.

Por vezes acredito no quem nem sei.
E admito que errei em vão na promessa.
No amor indecifrável achei que saberia,
Andar pelo quatro cantos da paixão,
Sem me perder em mim, da mulher.

Por vezes escrevi tantas frases.
Caminhei por onde caminharam.
Recebi a graça do vento no olhar.
E a sombra da divina luz que me aquece.
E  renova a chama que arde sem parar.

Por vezes destilei o cúmulo do sonhar.
Em visões tão verdadeiras que inebriam.
Mas se não é, por fim, essa a verdade.
Prefiro então não mais pensar.
Na beleza que é viver.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: