Publicado por: Mauricio | 12/07/2008

O dia em que for embora

Nesta hora quero estar bem longe.
A milhares de quilômetros de mim.
Não fugirei de nada,
Mas nem estarei aqui.
Serei patético, estátua, paralizado.
Não terei coragem de pronunciar seu nome.
Não farei qualquer oração.
Apenas pensarei por alguns instantes.
E lembrarei de tudo com amor.
Partirá meu coração e meu mundo.
Serei demolido e totalmente aniquilado.
Estarei plantado sobre meus pés.
Amarrado em puro sofrimento.
Não farei a mínima questão.
De mostrar coragem.
Conter emoção.
Apenas pasmo.
Rasgante emoção.
Que fere e dói demais.
Somente em pensar.
Aqui dentro.
Do meu coração.
Que um dia irá.
Embora daqui.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: