Publicado por: Mauricio | 12/07/2008

Meu Pai – 2

Se existe algo que admiro.
É sua força, seu semblante.
Lindo e forte, trêmulo e exato.
Amável e doce como pluma.
Sensível como seda.
Me suporta apenas com a força.
Da tua calma, que acalma.
Qualquer tempestade.

Se existe algo incomensurável.
É sua imensidão inestiguível.
Inenarrável, insuperável ao máximo.
Super herói, que sobrepuja
Qualquer outro herói.
Das estórias que ouvi.
Pois a tua mão amansa.
Qualquer desavença.
Toda tempestade.


Responses

  1. Querido filho

    Todas as palavras expressas na sua poesia calam profundamente no meu interior. São os seus sentimentes que dimensionam tanta riqueza que você tem no seu Eu. Sou apenas um lutador que, alimentado pelo seu modo de ser e pelos seus ideais, encontra o apoio para interpretar e aprender a conviver com a gratificante e difícil tarefa de viver. A busca da compreensão de tudo que é dito ou não dito me faz meditar muito e contribui, de maneira marcante, para aprimorar, de maneira expontânea, o meu modo de entender os comportamentos das pessoas que me são queridas. Cada um tem a sua personalidade e necessidades. Não há nenhum super heró atrás da imagem poética. O que sustenta tudo é o amor de pai para filho num desejo infinito da sua felicidade pois Você é merecedor pelas suas primorosas qualidades.
    Grato pelas suas gratificantes palavras.
    Beijos do seu pai e amigo.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: